RSS2.0

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Nickelodeon



Eu tenho um relacionamento que beira o amor e o ódio com a Nickelodeon.

Não, falando sinceramente não, eu só odeio as coisas da Nickelodeon. Não todas, excetuam-se umas raras exceções porque seria impossível odiar tudo, e mais adiante eu vou mostrar razões do porque disso, mas no geral não gosto. E não gosto do estilo de muitas das coisas produzidas por ela. Vou comentar vários dos desenhos e programas da rede, esse é um post longo, se for desistir, faça agora! Senão, continue pra ter argumento pra comentar no final.

Eu vou começar falando do que tem de bom, porque é menos coisa do que o que tem de ruim, essas são as únicas coisas que se salvam da nickelodeon, algumas produzidas por ela, outras ainda em exibição por ela, e outras foram exibidas, mas estão atualmente canceladas. Vejamos os exemplos:

[BONS]
Ace Ventura (série animada): sério esse desenho é muito divertido e engraçado, a animação quase chega a ter a mesma expressão corporal que o Jim Carrey. E isso é difícil!
Os Padrinhos Mágicos: não preciso comentar, entre tanto lixo da atualidade, esse é um dos desenhos que consegue ser engraçado mesmo com uma idéia tão simples.
Uma Robô Adolescente: não é a melhor coisa do mundo, mas eu até que gosto. O fato da protagonista ser dublada pela dubladora da Lindinha (PPG) acho que faz ela subir no conceito.
Danny Phantom: gosto, achei divertido quando assistia.
Avatar, A Lenda de Aang: também se enquadra numa das melhores coisas da atualidade, dizem que o custo de produção desse desenho foi altíssimo, e que também por isso demorou tanto a terminar o livro do fogo, mas realmente vale a pena. Vejamos se o filme (Live) dele que vem por aí vai ser tão bom quanto o Cartoon era.
Bob Esponja Calça Quadrada: também dispensa comentários, é uma das melhores coisas da TV atualmente, tem quem ache irritante ou coisa de retardado, mas BoB Esponja faz humor com o que ninguém mais pensou em fazer, além do que, o humor dele tem apelado mais nas últimas temporadas, o que deixou tão engraçado quanto era ou ainda mais.
Doug: um clássico, não tenho como descrever o quanto era genial esse desenho, os personagens tinham personalidade, não eram meras ilustrações jogadas na tela como tem alguns desenhos hoje em dia. Roteiros fantásticos, isso que era desenho. O Doug era dublado pelo dublador do Ash e do Kuririn.
Rugrats (Os Anjinhos): eu confesso que das primeiras vezes que assisti, eu detestei, porque esse desenho carregava o traço feio do jeito nick de ser (adiante entro em detalhes sobre isso). Mas com o passar do tempo eu vi que tinha muita coisa interessante por trás desse desenho do que apenas um bando de bebês babões.
A Vida Moderna de Rocko: nem todo mundo sabe fazer desenhos de animais agindo como gente para prestar. Mas a vida moderna de rocko certamente prestava, os bichos (cachorros, sapos, vacas, etc...) todos tinham a manha de fazer humor com piadas de bichos, piadas de gente e coisas do gênero. Era engraçado!
Os Castores Pirados: confesso que não sou tão fã, mas os últimos episódios que vi mostraram que o humor doentio daqueles castores chega quase a ser bom como timão e pumba eram.
Invasor Zim: não assisti muito, mas pelo pouco que assisti sei que valia a pena deixar isso numa grade de programação. Invasor Zim tem seus momentos de glória e é exatamente por isso que vale a pena gastar tempo com ele.
Ginger: pra mim não passava de outro desenho cheio do traço feio do estilo nick de ser, mas depois eu vi que era um desenho bem profundo, com teor adulto mesmo e bastante reflexões psicológicas se você for analisar bem. É outro que valia a pena.
Bananas de Pijama: OK, eu sei que aqui receberei críticas. Vamos por partes, todos vão dizer que era um programa quase tão retardado quanto teletubbies, e quase era! Visto a faixa etária que queria atingir. Mas garanto que todo mundo já assistiu pelo menos um e já deve ter rido ou se chocado com alguma merda do programa, nem que seja aquela abertura. Não há como dizer que era ruim, ele nem se compara com o que eu separei de ruim mais abaixo.
Um Maluco no Pedaço: um dos melhores seriados dos mais antigos. Tem aquele estilão final dos anos '80 e década de '90, mas as piadas continuam atuais e engraçadas até hoje. Não gosto de puxar o saco do Will Smith, mas foi uma das coisas mais geniais que ele fez.
AAAHH!!! Real Monsters: não lembro como ficou o título em português, acho que era algo como academia de monstros, é um que tinha três monstros, um rosa pequenininho (e se agigantava), um que segurava os olhos nas mãos (e tinha voz de seu barriga) e uma monstra que parecia uma vareta preta e branca. As situações pelas quais os monstros passavam faziam a graça do desenho e ele se garantia.
Drake & Josh: é um desses seriados novos da nick, mas sabe, ele consegue não ser ruim. Foi feito para ser uma comédia e não uma comédia para crianças, como alguns dos que eu vou mencionar, tentam ser. Por isso ele realmente ainda consegue fazer você rir.
Sabrina, Aprendiz de Feiticeira: era engraçado, ponto! Não tem o que discutir sobre as aventuras da bruxinha. A Melissa Joan Hart também é uma graça, o que contribui pra melhorar o seriado.
A Feiticeira; Jeannie é um Gênio; Alf, o Eteimoso; Agente 86: são todos clássicos, não se discutem, embora muitas pessoas possam não ter paciência para assistí-los hoje em dia, eles não deixam de ser bons.

Esse é o fim da minha lista de coisas boas e que valem a pena, a lista de coisas ruins é maior, vou tentar condensá-la.

[RUINS]
Jimmy Neutron: animação moderna, tida por uns como boa, mas não vejo graça. Moleque cabeçudo 3D.
Rugrats Crescidos: os rugrats eram engraçados, achei que terem colocado cabelo neles e mandado eles para a escola não fez deles pessoas melhores do que eram antes. É fato que quando eram bebês eram mais engraçados.
Hey Arnold!: simplesmente não consigo ver graça num moleque deformado da cabeça oval, já tentei me forçar a assistir aquilo, mas é ruim demais da conta.
O Segredo dos Animais: animação 3D sobre bichos numa fazenda, não consegue ter roteiro bom como outras animações 3D top de linha atuais.
Rocket Power: não gostava, não gosto e muito provavelmente não gostarei. É o primeiro desenho com o estilo nick de ser da lista ruim e agora vou explicar. O estilo nick consiste de: traço feio, foco em algum tema bizarro, roteiristas muito ruins que consequentemente não conseguiam fazer humor que preste, e eu assistia esses desenhos mais bestas atrás de humor. Logo, Rocket Power supostamente é um desenho de esportes radicais, com personagens bizarros e nenhuma graça. Pra mim a nota é muito baixa.
Thornberrys: não consegue ser muito melhor que Rocket Power, a única diferença creio eu, seja o fato do foco em Safári e animais. Mas tem o mesmo traço feio e falta de graça.
Lola e Virginia: desenho que tentou ser engraçadinho, mas ele passa a maior parte do tempo tentando empurrar futilidades goela abaixo do telespectador, se não fosse isso talvez tivesse sido bom.
Manual de Sobrevivência Escolar do Ned: desses seriados novos, não presta! Eles tentam fazer algo no estilo a vida de nerd é dura, mas tem como driblar os obstáculos e tem suas vantagens. O tema é bom e o seriado seria bom se fosse bem feito, mas o caso é que é absurdamente mal-feito, logo, não prestou. Tente assistir, 5 minutos de tortura são mais agradáveis do que 5 minutos disso.
Zoey 101: seriado jovem feito pela irmã vadia da Britney Spears que engravidou aos 16 anos. Ela chegou a mencionar algo sobre ser mãe legal cedo: parece que não faz idéia que o público dela era infanto-juvenil. Acho que ela queria uma massa de garotas de 9 anos grávidas, pra estar passando essa imagem de que gravidez cedo é coisa boa. Tem um currículo (filmografia) pouco vasta, logo, toda essa falta de experiência fez com que esse tal de zoey 101 não prestasse também. É incrível o que eles botam para a criançada, tanto pelo teor, como por achar que uma porcaria dessas é divertida e/ou do interesse das crianças.
Normal demais, The Naked Brothers Band, Just Jordan, Karkú, Skimo: são todos seriados genéricos de jovenzinhos. Não vale a pena entrar em detalhes sobre cada um, nenhum tem profundidade pra valer a pena, todos são uma espécie de malhação americana, variando apenas o número de jovens que protagonizam.
iCarly: pegaram a Miranda Crosgrove, jogaram num programa, achando que ela ia se tornar uma sensação juvenil. Na verdade quando estiverem de saco cheio dela, é muito fácil pegar outra sensação juvenil e pôr no lugar dela, de tão importante que é. Se uma pessoa não consegue segurar um programa pelo nome que tem, ele não é bom. Garanto a você que se Charlie Sheen ameaçasse deixar Two and a Half Man no meio da 3ª temporada, não ia ter uma 4ª temporada para contar história. Isso não se aplica no caso da Miranda Crosgrove que pode ser substituída com um estalar de dedos.
Kenan e Kel: nunca achei graça e nunca me passou pela cabeça nem no mais remoto dia de bom humor chamar aquilo de engraçado. Mas também, eles queriam que eu gostasse daquelas bostas de piadas com suco de laranja e um dos dois com meia-inteligência e o outro era retardado? Pelo amor de deus, vão aprender um pouquinho mais e voltem com um seriado que preste, senhores produtores e roteiristas.
Isa TKM: é tipo uma novela mexicana com atores mais jovens. Apenas isso, além de tudo a qualidade é baixa. Definitivamente, não vale a pena. Podiam ter vindo outras coisas pra TV aberta no lugar de iCarly e Isa TKM.
CatDog: tentam fazer piada com um bicho meio-cão, meio-gato. Mas não é bom.
Escola pra Cachorro: 101 dálmatas bem mal-feito. Achei sem graça quando vi.
True Jackson: seriado que tenta mostrar uma espécie de Beyoncé mirim, além dela estar longe de ser a beyoncé, a série não tem história. (não uma que preste)
Galera do Surf: tentaram não fazer o seriado de jovens genéricos na escola, apenas mudaram para a praia, eu dou crédito a eles pela tentativa de inovação, só faltou mais uma vez, uma história que prestasse.
Mighty B!: acharam que colocar uma menina (escoteira) de super-heroína num desenho seria uma boa pedida, até aí tudo bem quando isso está num contexto e faz sentido. Quando a coisa toda é sem lógica, é um sinal de que falhou miseravelmente em fazer algo que preste.
Ren & Stimpy: um dos dois parece o taz mania e o outro uma toupeira careca. Os personagens parecem ser deformados, peca no traço e no roteiro.
Jimmy Two Shoes: parece uma tentativa frustrada de plagear padrinhos mágicos. Achei peba!
DangerMouse: desenho de um rato metido a pirata, a valentão, a um monte de coisa...
Novo Speed Racer: em uma palavra: podre!
Tak: imagine a mistura de um índio brasileiro, com tarzan, com mogli; acho que tentaram passar essa idéia em Tak. Mas ele usa magia, enfim, é um negócio meio bizarro.
Gato Frankenstein: esse negócio de fazer bicho com pedaços de outros bichos já tinha em Beck, mas lá ficou até bom, embora fosse estranho pra o contexto do anime, só que nesse desenho, faz dele só mais um desenho com um gato estranho.
Skyland: animação 3D meio futurista meio de esportes radicais, ninguém merece!
Ricky Sprocket: desenho de um moleque que é astro de hollywood, lembra muito o Hey, Arnold! Eles precisam ver os episódios de Pernalonga que ele figura como astro de Hollywood, pra aprenderem com um verdadeiro mestre.
El Tigre: desenho de luchador mascarado, mas é ruinzinho. Nesse estilo o melhor é Mucha Lucha, esse El Tigre não passa nem perto.
Creepie: desenho de uma menina meio-garota, meio inseto! Meio-gótica também, pareceu até promissor, mas eu não saíria colocando na lista dos bons, então vem pra cá.
Escola Wayside: ruim, esses desenhos de escola normalmente tem que ter personagens muito carismáticos pra ser bom, não é o caso desse aqui.
Capitão Flamingo: um boy vestido de flamingo, não dá pra crer que um negócio desses preste.
Catscratch: aqui uma coisa que ficaria boa com um pouco mais de investimento e dedicação. É um desenho sobre gatos, se bem feito, ia ficar muito bom.
Mr. Meaty: sim, acredite ou não é uma história sobre carne, açougueiros e coisas que o valham. Animação 3D nesse tema, acham que vale a pena? Pois eu lhes digo, não vale.
Família X: é aquele desenho que toda a família é de agentes secretos, mas vejam só, se pequenos espiões já não é essas coisas todas, esse desenho de baixa qualidade é que não seria. Achei tempo perdido ver (ainda bem que foi pouco) disso na globo de manhã.
Pinguins de Madagascar: animação 3D sobre pinguins, mas acho sem graça!


Bem esse foi o primeiro post, eu não tinha nada melhor para falar do que falar mal de algumas coisas da Nickelodeon, fazendo menção às boas também. Isso é por causa do pouco de televisão que assisti esses dias me fez trazer à tona velhas mágoas. Mas enfim, comentem, avaliem.

Nos vemos na próxima, garotinhos e garotinhas!

4 comentários:

  1. Quem comentou isso é um critico pessimo pois Mr.meaty fala da vida no shopping e no fast food que chama mr.meaty e é uma serie de bonecos de pano uma das melhores ja feitas pelo Canadar com muito humor e diversão feito para pessoas que saibam apreciar essa arte!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho medo desse desenho até hoje

      Excluir
    2. É por isso que foi proibido de passar na TV agora pq era pra ser infantil mas era assustador até 2011 quando pararam e eu era criança mas gostava mt

      Excluir
  2. Discordo sobre Ned. Para mim foi uma série que inovava, ia contra essas coisas das series de TV de que professores são maus e não se importam com os alunos e que estudar é só para nerds. E eu curtia Rocket Power, Thornberrys, Kenan e Kel e Hey Arnold.
    Mas o resto eu concordo. Tudo produção barata e feita para empurrar goela abaixo como você falou.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails